segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

EZLN


No dia 21/12/2012, enquanto o mundo brincava de apocalipse, os verdadeiros descendentes dos maias, vivos e reais, nos mandaram das montanhas de Chiapas uma importante mensagem, que surpreendeu o México hoje de manhã. Em diferentes municípios da região Sudeste, milhares de indígenas integrantes do Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) iniciaram o dia em grandes marchas por diferentesestradas e cidades. A manifestação, organizada até a véspera em sigilo, foi pacífica e surpreendentemente silenciosa. Em todas as marchas, o silêncio foi absoluto. Nenhuma palavra de ordem, nenhum cântico, nenhum grito de protesto. Ao final do dia finalmente foi divulgado um comunicado oficial do líder máximo do EZLN, Subcomandante Marcus, dizendo apenas: “Escutaram? É o som do mundo de vocês desmoronando. E do nosso ressurgindo”. Como sabemos, os maias nunca falaram em “fim do mundo” (tampouco jamais conceberam essa ideia). Ao contrário, em um gigantesco silêncio, nos disseram hoje que um mundo novo, uma nova era, está começando. E que os ideais zapatistas estão de volta. 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------On 21/12/2012, while the world playing apocalypse, the true descendants of the Mayans, real, live, in the mountains of Chiapas sent an important message that struck Mexico this morning. In different cities in the Southeast, thousands of members of the indigenous Zapatista Army of National Liberation (EZLN) started the day in large cities and marches diferentesestradas. The demonstration, organized under wraps until the day before, was surprisingly quiet and peaceful. In all gears, the silence was absolute. No slogan, no song, no cry of protest. At the end of the day was finally released an official statement of the maximum leader of the EZLN, Subcomandante Marcus, saying only: "They heard? It's the sound of your world crumbling. And our comeback. "As we know, the Mayans never spoke of "doomsday" (nor ever have conceived this idea). Instead, in a gigantic silence, told us today that a new world, a new era is beginning. And that ideals Zapatistas are back.


Nenhum comentário:

Postar um comentário